Editorial de Janeiro

 

38º Ano da KULIMA! - Fase de Maturidade plena…rumo aos 40 Anos de existência!

No início deste ano 2022 gostava explorar dois conceitos chaves que considero muito importante para a nossa Instituição: O Entusiamo e A Inovação!

O que mata o entusiasmo no trabalho? A rotina! E rotina é você fazer as coisas como se já as soubesse fazer. Este é o primeiro erro das nossas vidas: contar os dias como se fosse só um dia após o outro. Esquecemos que, hoje, é o primeiro dia do resto de nossas vidas, aliás, hoje, é o único dia da nossa vida, o ontem não voltará, passou. E o amanhã é um dia que nunca vem, todo dia tem o seu amanhã. Viva o dia de hoje com entusiasmo, como se fosse o último, como se você estivesse começando hoje, assim começará a saborear a vida.

O que atrofia a vida duma Instituição? A falta de Inovação com os tempos que correm! Devemos estar atualizados e em permanente atividade evolutiva e inovativa, explorando com sucesso novas ideias. Apresentar novas ideias, implementá-las com sucesso e crescer. É disso que se trata a inovação: transformar o que já existe em algo cada vez melhor.

Sermos uma ONG de velha data, a primeira ONG do País (1984), quando ainda não existia a Lei do Associativismo (1992), leva a entender que a nossa longa experiência pode tornar-se um peso de grande responsabilidade, e nos pode fazer sentir cansados, procurando soluções de sobreviver, mas sem manifestações de crescimento humano, social e humanitário!

Nada de tudo isso! Com o novo ano devemos agarrar toda a nossa experiência, toda a nossa bagagem de sucessos e fracassos e orientarmo-nos para uma nova vida, cheia de entusiamo e de inovação seja institucional como operacional com as Comunidades pelas quais trabalhamos!

No fim do ano passado apareceu o tema da REFORMA e REFORMADOS. Reparamos que no seio da liderança da KULIMA… há muito que são “reformados”… Nunca tínhamos pensado! E…vivendo o dia-a-dia e os desafios dos programas humanitários fomos crescendo sem considerar que os anos se foram somando e em tantos atingimos a idade de terceira idade!

Mas, esta situação não reduz a nossa excelência como Instituição humanitária. Ao contrário, é algo que nos dá garantia de irmos para a frente e com estabilidade! Sempre que os nossos quadros “maduros” tenham capacidade de se renovar, de manter o entusiamo inicial e de criar formas de se inovar não somente em instrumentos digitalizados, mas em ideias eficazes de desenvolvimento!

O Mundo em que vivemos é sempre mais competitivo…

Anos atrás havia programas para todos e os pedidos de serviços vinham de fora para dentro, os Ministérios pediam serviços, os Doadores internacionais procuravam servidores de programas humanitários. No caso da KULIMA, dirigimos programas de Emergência a partir do ano 2000 e coordenamos outras ONG’s Internacionais e Nacionais.

Hoje tudo é competitividade, é uma corrida para elaborarmos propostas válidas aos olhos dos consultores “especializados” e a experiência acumulada de realizações de programas humanitários, conta somente em parte.

A inovação é algo que exige, cada vez mais, um nível de originalidade. Apresentar novas ideias todos os dias não é suficiente. A grande diferença é justamente trazer ideias bem-sucedidas que sejam aceitas pelos Doadores e pelo Governo e que garante o ganho na concorrência!

Assim, a elaboração das nossas propostas e relativa realização deverão ter em conta alguns aspetos fundamentais para a sua credibilidade!

a.     A proposta deve ser eficaz e deve produzir os seus frutos

b.     A proposta deve ser sustentável e deve garantir resultados de longa duração

c.     A proposta deve garantir a sua replicabilidade no seio das comunidades.

Mas para tal, precisamos duma Inovação organizacional: Cada Delegação, e a Sede Nacional devem rever os seus quadros e manter uma forte equipa técnica eficiente e eficaz, com experiência e com credibilidade, sempre disponível a colher ocasiões de elaboração de propostas para melhor servir as comunidade necessitadas… e sempre aberta a detectar fraquezas, para serem ultrapassadas.

Citando uma página de formação:

“A inovação organizacional concentra-se em alguns princípios básicos:

  • desbloquear o potencial criativo, permitindo que todos possam dar suas opiniões e contribuir com ideias;
  • gerar valor e qualidade nos processos para fortalecer os laços de compromisso e identidade com sua equipe;
  • criar e compartilhar informações, ensinando sua equipe a saber. Isso ajuda a abrir o campo de ideias que podem beneficiá-lo.”

 

Resumindo!

 

Longe de cada um de nós a apatia e o deixar andar!

Longe de nós o acúmulo de tarefas e levar para amanhã o que pode ser feito hoje!

Longe de nós a criação de problemas a serem enfrentados sozinhos!

O Caminho certo é de trabalharmos juntos!

Nunca sermos invadidos de Apatia e fraquezas!

A vitória é algo que sempre devemos ter em conta!

Sejamos interativos! E Juntos podemos vencer!

E mais:

-

-

-

-

 

 

Peço aos leitores deste Editorial de acrescentar outras frases significativas!

 

 

_________________________________

Um abraço forte, 

Domenico Liuzzi,

Director Nacional da KULIMA.

 

 

LegetøjBabytilbehørLegetøj og Børnetøj